Eu conheço algumas pessoas que participam desse efeito sistemático de ideologia, e essas pessoas estão em níveis diferentes de cultura, de poder econômico, de esclarecimento. É algo complexo de se perceber, e eu mesmo; pregando a ampla liberdade, também provavelmente sou vítima da dominação ideológica em algum momento. Mas é preciso esclarecer, e acordar os bois… Pois o Zé Ramalho mandou muito bem ao interpretar o Admirável Mundo Novo, na música… “Vida de gado, povo marcado, povo feliz…”

E o Karl Marx, quando citou esse assunto, mandou bem ao mostrar que as coisas valem em todas as instâncias. Seja no burguês, ou no vitimado pela burguesia, que quer ser burguês. É aquela coisa: fala mal de rico, mas quer ganhar na MegaSena.

Detalhe para quem não me conhece: não sou rico, nem sou marxista.